top of page
logo mohap.png
  • Foto do escritorRenata Robazza

Como planejar e executar uma campanha eleitoral - definindo orçamento da campanha

Desde a definição de objetivos, metas, orçamento, equipe, cronograma, até a avaliação de resultados e prestação de contas


imagem da internet

Uma campanha eleitoral é um projeto complexo, que envolve muitas variáveis, recursos, pessoas, atividades, prazos, etc. Para que ela seja bem-sucedida, é preciso planejar e executar cada etapa com cuidado, organização e eficiência.


Mas como fazer um planejamento e uma execução de qualidade, que garantam o cumprimento dos objetivos, metas, orçamento, equipe, cronograma, etc?


Neste artigo, vamos mostrar os principais passos de como planejar e executar uma campanha eleitoral, desde a definição de objetivos, metas, orçamento, equipe, cronograma, até a avaliação de resultados e prestação de contas. Acompanhe!


O segundo passo é definir o orçamento da campanha, ou seja, quanto você tem e quanto você pode gastar, Além do que precisa definir em que, como e quando gastar.




O Orçamento:


O orçamento é a estimativa de receitas e despesas da campanha, que deve ser elaborada com base em:

  • A legislação eleitoral, que estabelece os limites, as fontes, as formas e as prestações de contas dos recursos financeiros da campanha.

  • A estratégia eleitoral, que define os meios, os canais, as ferramentas, as ações e as atividades da campanha.

  • A pesquisa eleitoral, que indica o tamanho, a composição, a localização, as preferências e o comportamento do eleitorado.

  • A concorrência eleitoral, que mostra o nível, o tipo, a intensidade e a qualidade da disputa entre os candidatos ou partidos.



O orçamento da campanha deve ser:


  • Realista: Deve refletir a realidade do mercado, da economia, da política, etc., evitando superestimar ou subestimar os valores.

  • Flexível: Deve permitir ajustes, correções e contingências, diante de imprevistos, mudanças ou oportunidades.

  • Equilibrado: Deve buscar o equilíbrio entre as receitas e as despesas, evitando déficits ou sobras.

  • Transparente: Deve ser claro, honesto e ético, seguindo as normas legais e morais, e informando os gastos, as receitas, as fontes, as destinações, etc.





Clique e saiba mais sobre:




Entre em contato conosco e saiba como podemos ajudar você a planejar e executar uma campanha eleitoral, desde a definição de objetivos, metas, orçamento, equipe, cronograma, até a avaliação de resultados e prestação de contas. Estamos esperando por você! 😉




Por Renata Robazza

 

Candidato,

Seu projeto político merece destaque!

Nós somos a agência de marketing que vai te levar ao SUCESSO!









Comments


marketing eleitoral mohapdigital whatsapp
bottom of page