top of page
  • Foto do escritorRenata Robazza

Como planejar e executar uma campanha eleitoral - Medindo o sucesso da campanha

Desde a definição de objetivos, metas, orçamento, equipe, cronograma, até a avaliação de resultados e prestação de contas


imagem da internet

Uma campanha eleitoral é um projeto complexo, que envolve muitas variáveis, recursos, pessoas, atividades, prazos, etc. Para que ela seja bem-sucedida, é preciso planejar e executar cada etapa com cuidado, organização e eficiência.


Mas como fazer um planejamento e uma execução de qualidade, que garantam o cumprimento dos objetivos, metas, orçamento, equipe, cronograma, etc?


Neste artigo, vamos mostrar os principais passos de como planejar e executar uma campanha eleitoral, desde a definição de objetivos, metas, orçamento, equipe, cronograma, até a avaliação de resultados e prestação de contas. Acompanhe!




Medindo o sucesso da campanha


O sexto passo é avaliar os resultados da campanha, ou seja, verificar se os objetivos e metas foram atingidos, quais foram os pontos fortes, fracos, oportunidades, ameaças, etc.



A avaliação da campanha é a fase mais crítica, reflexiva e aprendiz do projeto, que envolve:

  • Mensuração, ou seja, quantificar e qualificar os resultados, usando indicadores, métricas, critérios, etc.

  • Análise, ou seja, interpretar e explicar os resultados, usando métodos, técnicas, ferramentas, etc.

  • Recomendação, ou seja, sugerir e propor melhorias, ações, soluções, etc.



Para avaliar os resultados da campanha, você deve levar em conta:

  • A relevância, ou seja, o grau de importância, significado e valor dos resultados, para o candidato, o partido, os eleitores, etc.

  • A validade, ou seja, o grau de confiabilidade, precisão e veracidade dos resultados, considerando as fontes, os métodos, os erros, etc.

  • A utilidade, ou seja, o grau de aplicabilidade, aproveitamento e benefício dos resultados, para a tomada de decisão, a correção de rumo, a melhoria contínua, etc.



A avaliação dos resultados da campanha deve ser:

  • Sistemática: Deve seguir um plano, um roteiro, uma metodologia, etc.

  • Participativa: Deve envolver todos os interessados, stakeholders, beneficiários, etc.

  • Contínua: Deve ser feita ao longo de todo o projeto, não apenas no final, permitindo ajustes, correções e feedbacks.




Clique e saiba mais sobre:




Entre em contato conosco e saiba como podemos ajudar você a planejar e executar uma campanha eleitoral, desde a definição de objetivos, metas, orçamento, equipe, cronograma, até a avaliação de resultados e prestação de contas. Estamos esperando por você! 😉




Por Renata Robazza

 

Candidato,

Seu projeto político merece destaque!

Nós somos a agência de marketing que vai te levar ao SUCESSO!









Comments


marketing eleitoral mohapdigital whatsapp
bottom of page