top of page
logo mohap.png
  • Foto do escritorRenata Robazza

Principais dicas para seu site aparecer na primeira página do Google

O melhor dos mundos é aparecer no ambiente digital... pagando pouco!!


Existem várias estratégias para colocar sua empresa na primeira página no principal buscador do mundo e, algumas delas, o próprio Google já disponibiliza como por exemplo o Google Business onde você pode cadastrar sua empresa no Google Maps.


Mas ainda sim, há muito trabalho a ser feito, principalmente quando existem vários concorrentes seus disputando o mesmo espaço com o mesmo ‘produto’.



O algoritmo do Google

Para se sair bem com ele, primeiro temos que conhecê-lo!


“O principal critério do Google é bem simples: um site bem construído consegue entregar uma boa experiência para o usuário, e é essa a principal métrica para se ranquear o site.”

Costumo dizer em minhas palestras que o Google é uma professorinha à moda antiga, daquelas que gostam de tudo colorido no caderno, caligrafia perfeita, um caderno para cada matéria... o uso de réguas então, é imprescindível. Captaram minha mensagem?



Assim, tanto quando o site é construído, quanto em suas atualizações (que devem ser constantes – pra mostrar que você está vivo) os princípios de um bom SEO devem sempre ser levados em conta.


Primeira providência é construir o site em uma boa plataforma. Garanta que ela não esteja ‘penalizada’ por histórico de más práticas (black hat SEO), que nada mais são que práticas que estão em desacordo com as diretrizes traçadas pela própria ferramenta de busca. Clique aqui e acesse as Diretrizes do Google para Webmasters.


Outro ponto que devemos levar em conta são as constantes atualizações que a ferramenta aplica a seu algoritmo. Desta forma, devemos nos ater primeiro, a essas ‘regras’. As principais estão listadas na imagem abaixo:



1. A atualização Florida deixou claro que devemos seguir as diretrizes traçadas pelo Google em toda a construção de seu site. Ela penaliza sites que praticam a Black Hate mencionada acima que são, resumidamente:

  • Uso excessivo de palavras chave

  • Conteúdo duplicado

  • Uso de textos ocultos

  • Landing page (página de entrada) que impede o acesso direto ao site

  • Cloaking – url que não está de acordo com o texto, induzindo o usuário a erro.

  • Trocas de link entre sites

  • Dados estruturados que não conferem com a realidade

  • Redirecionamentos enganosos.


2. A atualização Panda priorizou conteúdos originais e que são construídos pensando justamente na boa experiência do usuário. Questões como ortografia, gramática, originalidade são elementos que contam ‘pontos’.


Quando a atualização “Panda” do Google entrou em operação, 50% dos sites desapareceram do index do Google

3. O ‘Pinguim’ se ateve à má prática em que links são incluídos de forma excessiva no texto, principalmente o que direcionam para outros sites, mostrando que houve clara troca de ‘favores’.


4. O algoritmo denominado Hummingbird (beija-flor em inglês), prioriza sites mais rápidos (portanto mais leves) e trouxe o conceito de ‘cauda longa’ para as buscas: o usuário digita uma ou duas palavras e o algoritmo já busca no site palavras chaves que mais se assemelham aos termos pesquisados.



5. Introdução do HTTPS/SSL – o Google

passou a pontuar mais os sites que possuem essa certificação. Esta tecnologia é um tipo de segurança digital que permite a comunicação criptografada entre um domínio de site e um navegador. O buscador deu um prazo para que todos os sites possam se atualizar e, após o mesmo, estes sites não aparecem mais nos resultados de busca. E, ainda sim, no acesso direto (clicando no link) ele bloqueia

o site mostrando um aviso de segurança. (veja a imagem)


6. A atualização Mobilegeddon, como o próprio nome já diz, prioriza os sites que são otimizados para mobile. Ou seja, sites que tenham uma versão que se torna mais amigável quando abertos no celular (letras maiores, parágrafos justificados, novo posicionamento das imagens).


7. RankBrain foi a atualização que modernizou o algoritmo trazendo uma maior atuação de inteligência artificial no sentido de avaliar todos os requisitos das atualizações anteriores. Esta IA ainda faz uma correlação entre o site, os hábitos dos usuários, sua localização e as práticas mais indicadas para boa usabilidade do site (UX).


8. O Fred foi a atualização que eu considero mais simpática pois colocou um ‘fim’ àquelas práticas horrorosas de 73635242 (número aleatório - contém ironia) poup ups quando se navega no site. Era uma prática muito usual e que tornava um pesadelo o acesso ás informações que haviam nos pescado na lista da busca (em alguns casos esse pesadelo ainda existe pois algumas empresas insistem em usá-los).


9. E finalmente, em 2019, o Google trouxe uma atualização em seu algoritmo que foi muito útil na pandemia que se seguiu à ela: a priorização de sites com conteúdos relacionados à saúde e às finanças, colocando sua inteligência artificial para verificar informações falsas e enganosas. Os sites detectados já podem ser, inclusive, bloqueados permanentemente, obrigado um novo registro de domínio.



E vamos às dicas:


#Dica1 Depois do seu site no ar, faça a integração do mesmo com o Google Business e também outras ferramentas como o Google Search Console e também o Google Analytics (que está mudando para o GA4). Ao fazer essa incorporação, as próprias ferramentas dão um passo a passo que é só seguir. Mas caso tenha alguma dúvida, pode nos chamar que faremos questão de lhe ajudar nessa tarefa.


#Dica2 Nunca descuide de seu site e dos conteúdos postados no Blog. As informações se atualizam rapidamente. Esteja sempre atento à isso. Uma sugestão é ter sempre à mão o índice de textos postados e fazer uma varredura periódica em todos eles.



Por Renata Robazza

 

Conte com a MOHAP Digital

Nós somos seus parceiros!



Você sabe em quais redes você está?

Reclame Aqui, TripAdvisor, Waze, Facebook, Instagram, Google Maps.

Você pode estar nestas plataformas sociais e nem saber!


Em muitas redes sociais, os próprios usuários podem criar uma página para sua empresa, sem você nem imaginar.



Que tal descobrir GRATUITAMENTE como sua empresa aparece na internet?

É só acessar o link abaixo e solicitar o seu diagnóstico gratuito!





marketing eleitoral mohapdigital whatsapp
bottom of page